Após enviar “nudes”, homem é vítima de estelionatários em Jesuítas

Era por volta das 13h20 de segunda-feira (11), quando compareceu no destacamento policial de Jesuítas, um senhor que teria trocado nudes com uma mulher no domingo (10), através do Facebook.

Segundo a vítima, no começo a conversa era tranquila, porém em determinado momento ela encaminhou teria envido fotos dela nua e pedido fotos dele pelado. Na sequência, uma pessoa lhe adicionou no WhatsApp e se identifico como sendo policial civil, dizendo que o depoente havia enviado fotos para uma mulher menor de idade, de Jesuítas, e que o depoente poderia ser preso por pedofilia. Em seguida exigiu quantia de R$ 1.500,00 para que ele não tocasse o processo para frente.  A vítima disse que não tinha o dinheiro então o referido homem quis saber quanto o depoente tinha no banco.

O depoente disse não ter feito depósito algum, e que de imediato procurou um advogado e posteriormente a delegacia local.