Caminhando na Fé

 

COMEÇE O DIA FELIZ

Há um ensinamento no judaismo que diz que o caminho mais curto muitas vezes se torna o mais longo e vice-versa.

Muitas vezes escolhemos os atalhos, compramos ilusões criadas por outros, ou por nós mesmos e acabamos frustrados e de volta a etapa zero.

Fazer rápido e não planejar adequadamente. Esse é o curto caminho longo.

 

 

MENSAGEM DE FÉ

Porque as pessoas gritam

Um dia um sábio perguntou aos seus discípulos o seguinte:

-Porque as pessoas gritam quando estão aborrecidas?

Os homens pensaram por alguns momentos:

– Porque perdemos a calma – disse um deles – por isso gritamos.

– Mas, porque gritar quando a outra pessoa está ao teu lado? – perguntou o sábio

– Não é possível falar-lhe em voz baixa? Porque gritas a uma pessoa quando estas aborrecido?

Os homens deram algumas respostas, mas nenhuma delas satisfazia o sábio.

Finalmente ele explicou: Quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito. Para cobrir esta distância precisam gritar para poder escutar-se. Quanto mais aborrecidas estejam, mais forte terão que gritar para escutar-se um ao outro através desta grande distância.

Em seguida o sábio perguntou: – O que sucede quando duas pessoas se enamoram? Elas não se gritam, mas sim se falam suavemente, porquê? Seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena.

E continuou…

– Quando se enamoram acontece mais alguma coisa? Não falam, somente sussurram e ficam mais perto ainda de seu amor. Finalmente não necessitam sequer sussurrar, somente se olham e isto é tudo. Assim é quando duas pessoas que se amam estão próximas.

Então o sábio concluiu:

Quando discutirem, não deixem que seus corações se afastem e não digam palavras que os distanciem mais. Chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta…

 

 

15 de Fevereiro é dia de:

Santo Jovita e São Faustino

Estes dois irmãos nasceram na Lombardia. Receberam o batismo quando eram ainda pequenos e tornaram-se defensores dos valores cristãos. Faustino foi ordenado presbítero e Jovita tornou-se diácono da Igreja.

A ordenação confere aos irmãos ainda mais amor ao nome de Cristo e responsabilidade pelos outros irmãos da comunidade cristã.

A bondade de Faustino e Jovita começa a atrair muitas pessoas para ouvir as maravilhas do amor de Jesus. Muitos pagãos, atraídos pelos ensinamentos destes dois jovens, destroem seus ídolos religiosos e pedem o batismo cristão.

Entretanto, a perseguição do Império Romano chega até os irmãos Faustino e Jovita. São acusados de incitar o povo contra o Império e de não adorar o Imperador e seus deuses. Por causa deles os templos imperiais esvaziam-se e os deuses são abandonados.

Os relatos sobre estes santos nos dizem que foram convidados a adorar o deus-sol num templo romano. Conduzidos ao local da adoração com promessas de riquezas e cargos públicos, os dois irmãos puseram-se a rezar ao Deus Único e Verdadeiro.

A estátua do deus-sol, cujo brilho dourado ofuscava os olhos daqueles que a contemplavam, tornou-se escura e fria com a oração de Faustino e Jovita. Os chefes religiosos, ao tocar no ídolo, perceberam que o ouro tinha se convertido em cinzas.

Revoltados com os irmãos os levaram para uma jaula com quatro leões. As feras, porém, pareciam cordeiros mansos diante dos jovens cristãos. Diante destes fatos miraculosos, e com medo de que a fama de santidade dos irmãos se espalhasse, o governador romano da Lombardia mandou cortar-lhes a cabeça. Era o ano de 122.

Reflexão:

Ouvir o relato da vida dos santos Faustino e Jovita leva-nos a pensar sobre nossa própria vida. Estes santos foram homens de oração e de ação missionária. O ideal de vida era o amor a Jesus Cristo e por isso eles não tiveram medo de entregar seu sangue para o fortalecimento da Igreja. Esta mesma fidelidade Deus pede de cada um de nós. Sejamos realmente missionários de Cristo, levando a mensagem do evangelho àqueles que estão mais afastados de Deus e da Igreja.

 

 

CATEQUESE DO DIA

Qual santa foi mãe de Santo Agostinho?

A – Santa Clara;

B – Santa Mônica;

C – Santa Escolástica;

D – Santa Rosa de Lima;

Alternativa correta: Santa Mônica