Condutor joga veículo para cima de policiais de Assis e Brasilândia ao tentar fugir

Por Léo Silva

Na última terça-feira (26), por volta das 16h30, uma equipe da PM, recebeu a informação de que dois veículos, sendo uma camionete e um sedan preto, estavam em atitude suspeita, seguindo sentido a Silveirópolis.

De imediato, os policiai foram até Silveirópolis e ao adentrar na comunidade, visualizou dois veículos que, ao avistarem a viatura, entraram em uma rua à direita, no intuito de ludibriar a equipe policial.

Diante da suspeita, a equipe voltou e montou um bloqueio e, ao tentar realizar abordagem dos veículos, uma camionete Ford Ranger de cor vermelha, desviou do bloqueio policial, invadindo a calçada e jogando o veículo contra um dos policiais.

Devido ao atentado contra a vida do referido policial, o mesmo efetuou 3 disparos em direção aos pneus da camionete, e o segundo veículo, um Citroen C4 Pallas de cor preta, ao desviar do bloqueio, jogou o veículo contra o outro policial.

Diante do atentado contra a vida da equipe, este policial também realizou 3 disparos contra os pneus do Citroen e o outro policial, mais 2 disparos, também em direção aos pneus do referido veículo, porém ambos os veículos tomaram sentido PR 486 e foram sentido a cidade de Brasilândia do Sul, sendo iniciado acompanhamento tático para abordar os veículos.

Ao conseguir emparelhar a viatura com o veículo C4 Pallas, o mesmo jogou o veículo contra a equipe, momento que um policial efetuou mais 3 disparos contra o veículo, vindo o mesmo a parar na ponte do Rio Piquiri.

De imediato foi realizado abordagem do veículo Citroen preto, o condutor foi identificado, e no veículo foram localizadas 12 caixas de cigarros de diversas marcas, oriundos do Paraguai, e um rádio comunicador. Indagado sobre o motivo de não ter parado no primeiro momento, informou que foi orientado via rádio comunicador, pelo condutor da Ford Ranger, a não parar. Foi informada a equipe de Brasilândia do Sul, onde os mesmos tentaram abordar a Ranger, porém novamente o condutor jogou o veículo contra a viatura daquela cidade, e tomou sentido a cidade de Alto Piquiri e não foi localizado. 

Diante dos fatos, o veículo foi encaminhado ao pátio da Receita Federal, e autor a Delegacia de Polícia Federal de Cascavel.