Está formada a Comissão Julgadora do 1º Prêmio Faciap de Jornalismo

OITO JORNALISTAS EXPERIENTES DA IMPRENSA PARANAENSE E PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS VÃO JULGAR OS TRABALHOS QUE CONCORREM A R$ 25.000,00, CUJAS INSCRIÇÕES ENCERRAM-SE NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 20/11

Oito jornalistas experientes da imprensa paranaense, entre os quais professores universitários, integram a Comissão Julgadora do 1º Prêmio Faciap de Jornalismo, que está com as inscrições abertas até a próxima sexta-feira, dia 20 de novembro. Os julgadores foram escolhidos pela Comissão Organizadora do prêmio, em parceria com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (Sindijor), conforme prevê o regulamento. Eles trabalharão voluntariamente neste fim de mês para julgar as reportagens produzidas por profissionais de todo o Estado inscritas no prêmio.

PRÊMIOS

R$ 25.000 serão distribuídos aos autores das melhores reportagens nas categorias Televisão, Rádio, Impresso (jornal ou revista), Internet e Sistema Faciap (uma categoria exclusiva aos profissionais do sistema). Os finalistas serão divulgados no próximo dia 5 de dezembro e a entrega está prevista para o dia 10 de dezembro.

Cada reportagem será avaliada por pelo menos três julgadores, que darão nota de 0 a 5 (zero a cinco) para cada um dos critérios abaixo, perfazendo um total de 0 a 50 pontos para cada trabalho julgado:

– Qualidade jornalística – Respeito aos princípios fundamentais do jornalismo: interesse público, veracidade, atualidade, precisão da informação.

– Coerência ao tema e à proposta do concurso.

– Qualidade editorial e técnica (Tratamento dado à informação e recursos utilizados para que ela chegue de maneira clara e inteligível ao receptor).

–  Respeito às normas gramaticais.

– Utilização de fontes fidedignas.

 VEJA QUEM SÃO OS INTEGRANTES DA COMISSÃO JULGADORA:

 ELSON FAXINA, jornalista e professor da UFPR, mestre em rádio, TV e cinema pela USP e doutor em Ciências da Comunicação pela Unisinos. Foi diretor de jornalismo da rádio Clube Paranaense, diretor de programas da TVE/PR, coordenador nacional de comunicação da Pastoral da Criança e assessor de comunicação da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná.

 JOSÉ CARLOS FERNANDES, jornalista, com 30 anos de atuação na imprensa diária. É professor universitário e pesquisador, com passagem pela PUCPR e Studium Theologicum, fixando-se no curso de Jornalismo da UFPR a partir de 2009. Pesquisa leitura, comunicação popular e história da imprensa. É autor do livro “Todo dia nunca é igual”, sobre a Gazeta do Povo, e “Na Brasílio com Ângelo”, uma seleção de crônicas publicadas na Gazeta do Povo.

 MAURI KÖNIG, graduado em Letras e Jornalismo, com mestrado em Jornalismo. Ganhou 38 prêmios, entre eles o Cabot Prize, concedido pela Universidade de Columbia, e o Lorenzo Natali Prize, da União Europeia. Venceu ainda o Global Shining Light Awards e o Prêmio de Direitos Humanos da Sociedade Interamericana de Imprensa. Em 2012 recebeu o Prêmio Internacional de Liberdade de Imprensa. No Brasil, entre outras premiações, recebeu por duas vezes o Prêmio Esso e o Prêmio Vladimir Herzog. Tem 4 livros publicados sobre jornalismo.

 LANA SEGANFREDO profissional multiplataforma, graduada em Comunicação Social/Jornalismo pela Univali (Itajaí-SC), com especializações em Jornalismo Empreendedor pela Unisul (Florianópolis, SC) e Jornalismo de Entretenimento pelo Comunique-se & Canal Multishow (São Paulo, SP). Trabalha na área da comunicação desde 1996.

 GISELLE CAMARGO jornalista, atuando na produção de boletins para rádios de Curitiba e produtora e apresentadora do ANTCAST, um podcast com mais de 70 mil acessos. Trabalhou como repórter, editora e apresentadora de televisão em São Paulo, Santa Catarina e Paraná, onde foi editora e apresentadora da RPC, além de assessora de comunicação da Secretaria de Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Paraná.

 VALDIR CRUZ jornalista formado pela UFPR e especialista em Comunicação Contemporânea (PUC-PR). Foi diretor de redação nas emissoras Band, CNT, GPP, Rede Massa e Rede Vida. Foi diretor dos jornais Diário Popular e Folha de Curitiba. Foi repórter e chefe de reportagem nos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná e Rádio Clube Paranaense. Trabalhou como correspondente de O Estado de S. Paulo e da Revista Manchete. É um dos fundadores da Associação Paranaense de Imprensa (API) e blogueiro na área política.

 RICARDO VIEIRA jornalista formado pela universidade Positivo e pós-graduado em Administração e Marketing, no Centro Universitário Internacional – Uninter. Mais de 20 anos de experiência em rádio e televisão, além de atuar em instituições de ensino superior como professor, tutor e coordenador de área.

 SILVIA VALIN – jornalista e professora, coordenadora de pós-graduação no UniBrasil e diretora de formações do Sindicato dos Jornalistas do Paraná. Atuou como organizadora do Sangue Novo, maior prêmio do Brasil destinado a estudantes de jornalismo organizado por um Sindicato. Faz parte da Frentex-PR, Frente Paranaense pelo Direito à Comunicação e Liberdade de Expressão.

 Leia o Regulamento e faça as inscrições AQUI