Ministério da Saúde supera meta e vacina 90,66% dos idosos

O Ministério da Saúde superou a meta de vacinar 90% dos idosos no país contra a influenza. Até o início desta segunda-feira (13), 18,9 milhões de idosos (90,66%) já tinham sido vacinados contra a gripe no país. Nessa primeira fase também foram vacinados 3,8 milhões (75,5% da meta) de trabalhadores da saúde. A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa nesta quinta-feira (16/4) para cerca de 15,6 milhões de pessoas. Os povos indígenas tiveram sua vacinação antecipada para agora pela vulnerabilidade para adoecimento e complicações por gripe. Assim como os motoristas e cobradores de transporte coletivo, que somam quase 700 mil profissionais no Brasil, e também serão vacinados a partir da próxima quinta.

O transporte e a entrega de cargas são serviços essenciais durante a pandemia da COVID-19. Por isso, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transportes coletivo, além de trabalhadores portuários se juntam ao grupo prioritário da segunda fase da campanha. Essas três categorias de profissionais devem buscar a vacina em qualquer serviço público de vacinação do país, independente do seu estado de residência, pois transitam em todo o Brasil. Recomenda-se a apresentação de algum documento comprobatório, como carteira de trabalho, contracheque com documento de identidade, carteira de sócio (a) dos sindicatos de transportes, carteira de habilitação (categorias C ou E).

Também integram o público da segunda fase, doentes crônicos e profissionais das forças de segurança e salvamento. A coordenadora do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, Francielli Fontana, reforça “que essa vacina não protege contra o coronavírus e sim contra a influenza. Mas poderá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico, uma vez que os sintomas são parecidos entre as duas doenças, além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde”. Até o momento, o Ministério da Saúde já enviou 35,1 milhões de doses para os estados para atender o público prioritário das duas primeiras fases.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe segue até 22 de maio e a meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos.

 

 

1ª fase (a partir de 23 de março)

– Idosos com 60 anos ou mais

– Trabalhadores da saúde

 

2ª fase (a partir de 16 abril)

– Profissionais das forças de segurança e salvamento

– Doentes crônicos

– Caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo (motoristas e cobradores) e portuários

– Povos indígenas

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas

– População privada de liberdade

– Funcionários do sistema prisional

 

3ª fase (de 09 a 22 de maio)

– Pessoas com deficiência

– Professores

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos

– Grávidas

– Mães no pós-parto

– Pessoas acima de 55 anos