Obra avança e galerias já estão em construção no Encantado do Oeste

Município está investindo R$ 1,6 milhão na comunidade e outros R$ 3,981 milhões para pavimentar ruas de Bragantina, Azaury e do Jussara.

 

Os trabalhos da Prefeitura de Assis Chateaubriand na obra de pavimentação em ruas do distrito Encantado do Oeste avançam e, nesta semana, a empreiteira contratada para execução do serviço iniciou a construção de galerias pluviais na área urbana da comunidade. Antes, foi construído um grande emissário pluvial de 1.740 metros lineares para escoamento da água das chuvas até um afluente do Rio do Peixe. Conforme previsto no projeto, agora, outros 678 metros lineares de tubulações subterrâneas começaram a ser implantadas.

Para realizar a obra, o Município está investindo R$ 1.611.315,08. O Governo Municipal informou que os recursos foram financiados junto à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano/Paranacidade, por meio da Fomento Paraná, sendo possíveis devido a boa capacidade financeira do Município.

Nesta fase, será asfaltada a Avenida Nordeste (trecho entre Rua Encantado e Rua São Pedro), a Avenida Circular (trecho entre Avenida Nordeste e Rua Abílio Ferreira da Silva) e a Rua Abílio Ferreira da Silva (trecho entre Avenida Circular e Rua São Pedro).

Responsável pela execução da obra, a empresa Sotram tem 150 dias para conclusão do projeto.

Além do Encantado do Oeste, novas obras asfálticas já contratadas pelo Município também receberam autorização do Paranacidade para serem iniciadas. Na quarta-feira (4), reportagem publicada pelo Jornal O Regional trouxe a informação de que o prefeito, João Pegoraro, recebeu comunicado do coordenador do Escritório Regional de Cascavel, José Fernando Dillenburg, solicitando que as obras sejam agilizadas, pois as medições técnicas poderão ser encaminhadas para análise e os repasses financeiros começarão a ser liberados a partir de 16 de novembro.

Com isso, a prefeitura afirmou ter acionado as construtoras Minerpal e Sotram, contratadas em setembro, para que comecem imediatamente os trabalhos para pavimentação no patrimônio Engenheiro Azaury, no distrito Bragantina e no Jardim Jussara. Nestes locais, ao todo, serão investidos R$ 3,981 milhões, com recursos também são financiados junto ao Estado.