Professores passam por formação sobre educação ambiental

Quase 350 profissionais participaram da capacitação

 Enquanto o retorno dos alunos da rede municipal de ensino está marcado para quinta-feira (7), os professores do ensino fundamental e da educação infantil de Assis Chateaubriand iniciaram as atividades para o ano letivo 2019 já na segunda-feira (4), com a organização das salas de aula, e nesta terça-feira (5) passaram por capacitação durante todo o dia.

Em parceria com a Itaipu Binacional, a Secretaria de Educação realizou a 1ª Formação de Educação Ambiental, que contou com cerca de 340 profissionais que atuarão nas 14 escolas e 5 CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil).

Com o tema “Um Caminho para a Sustentabilidade”, a formação aconteceu no Centro de Convenções da Prefeitura (Auditório).

“Abordamos as formas de se trabalhar a questão ambiental na escola junto aos alunos, com o objetivo de que os professores se tornem multiplicadores dessa conscientização, fazendo com que a criança leve a mensagem para sua família”, diz a secretária de Educação, Fátima Aparecida Sobral.

A formação contou com duas palestras, proferidas por Carmem Romagna de Lima, assessora pedagógica do Convênio Linha Ecológica da Itaipu Binacional com o Conselho dos Municípios Lindeiros, e Marli Secchi de Lima, professora da rede estadual de ensino em Assis Chateaubriand.

Na quinta, os professores se reencontrarão com as mais de 3.700 crianças matriculadas para 2019 em toda a rede de ensino municipal.

A abertura do ano letivo também contou com a participação do prefeito, João Pegoraro, do presidente da Câmara Municipal, Odilo Denig, e das vereadoras Vera do Nascimento e Lúcia do Couto, do administrador geral, Rodrigo Furlam, da secretária de governo, Elenise Pegoraro, dos secretários municipais de saúde, Agnaldo Vieira, de assuntos comunitários e habitação, Dorival Lulu, e de agricultura, meio ambiente, serviços urbanos e obras, José Vieira Neto, além das presidentes dos conselhos municipais de educação, Sandra Mara Ricci Pocai, e do meio ambiente, Cássia Tamparowsky, e do presidente do Fundeb, Lucas Ferracini Totoli.