Sob comando de Micheletto, Seap promove leilão de veículos inservíveis e antieconômicos do Executivo

A Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap) inicia no próximo dia 28 de outubro, às 9h, o processo licitatório para a alienação de veículos recolhidos de órgãos do Poder Executivo. O encerramento do leilão ocorre no dia 03 de novembro, nos horários constantes no edital de Leilão Eletrônico 3/2020.

Essa será a primeira ação da equipe formada por Micheletto para venda de veículos dos órgãos do Poder Executivo recolhidos ainda em 2017. Segundo o diretor do Departamento de Gestão do Transporte Oficial (Deto) da Seap, Juan Carlos Alves, essa será mais uma ação de um Paraná inovador pela melhoria da economia do Estado.

Os lotes colocados à venda são compostos de bens usados inservíveis para a Administração Pública, antieconômicos ou irrecuperáveis. O leilão culminará na venda de 10 lotes de veículos, em que o lance inicial de cada lote está em R$ 1.101,65, sendo o valor mínimo total do leilão de R$ 11.016,50.

A sessão ocorrerá pelo Sistema Eletrônico de Leilões, desenvolvido em parceria com a Celepar, com base em ferramenta semelhante utilizada no Governo de Minas Gerais. O termo de cooperação entre os dois estados foi assinado em julho. Os lances eletrônicos serão efetuados a partir do valor mínimo definido para cada lote, considerando-se arrematante o licitante que fizer o maior lance por lote.

“Essa é mais uma iniciativa do Estado para aumentar o ganho de caixa. Além disso, fazendo os leilões de forma online, reduzimos os custos que o governo tinha antes com os presenciais”, ressalta Micheletto.