Suspeito da morte de Tatiane é solto pela justiça

A morte de Tatiane Laurindo da Silva de 31 anos, continua sendo investigada pela Polícia Civil, através do setor de Homicídios da 15ª SDP de Toledo. O crime ocorreu dia (12), na Rua Maranhão no centro da cidade de Formosa do Oeste. Na sexta-feira do dia (18), um suspeito que não teve o nome divulgado, até para não atrapalhar nas investigações, foi encaminhado para a 20ª SDP de Toledo.

No sábado dia (19), em entrevista coletiva, a delegada, Dra. Fernanda Lima, falou sobre o caso, onde testemunhas, denúncias e até imagens de câmeras de segurança, chegaram a um suspeito de 21 anos, este morador da mesma cidade. O mesmo não teria relação familiar direta com a jovem. Além dele a delegada informou que mais três ou quatro pessoas, poderiam estar envolvidas no crime, que pode ser classificado como homicídio ou feminicídio.

Sobre o criminoso ter invadido a residência e não ter arrombado janelas e portas, a delegada relatou que uma das portas da residência, estava com problema de fechar, sendo que há dias estava dormindo com a porta aberta. Foi realizado uma reconstituição no local do crime e coletadas informações de testemunhas e familiares.

Sobre o ex-companheiro, a polícia também não descarta o envolvimento, sendo que tudo está sendo apurado com cautela. O rapaz foi solto, através de determinação da justiça, por não haver indícios que ele teria participação no crime, principalmente porque, imagens comprovam que o jovem estava em casa, na hora do crime.

A Polícia Civil pede para a população continuar colaborando com as investigações, através do 197, 190 ou 181.