Uma poesia para o seu dia

“Tem dias que sou texto

pretexto

sou canção.

Tem dias que sou flor

Amor

Dor

Sou razão.

 

Tem dias que sou riso

Placa de aviso

Indeciso

Chuva de granizo.

Sou assim.

Talvez um adereço

Roupa pelo avesso

O começo do fim.

 

Tem dias que sou TUDO

outros NADA…

Sou viela

Sou estrada.

E sem direção

Vou na contramão

De uma placa enferrujada.

 

Sou atleta

Poeta

Das palavras faço meu abrigo.

Tem gente que não entende,

não compreende,

a poesia em si.

Conjugue como achar melhor por aí.

Que eu torno meu mundo maior

com os versos daqui.”

 

Por Fernando Silveira