Valdemar Melato assumi a cadeira de Alessandro Nunes no legislativo de Assis

Nossa reportagem acompanhou na manhã desta quarta-feira, 13/01, com transmissão ao vivo pela página oregional/assis no Faceboock, a rápida e simples solenidade de posse do vereador Valdemar Melato, que assumiu a cadeira deixada pelo vereador Alessandro Nunes, popular Zoinho, que a convite do prefeito Valtinho assumiu a Secretaria Municipal da Agricultura.

Valdemar que é professor, diretor do Colégio Chateaubriandense e presidente do Sindicato Rural Patronal de Assis Chateaubriand,  obteve 299 votos pelo PSD, ficando na 1ª suplência

O ato foi acompanhado e testemunhado pelos demais membros da mesa executiva da câmara: Lúcia do Encantado (vice-presidente), Elizandréia (popular Polaca), 1ª secretária e o vereador Caxi (suplente), além dos vereadores (as) Chiquinho da saúde, Franciane Micheletto e Césinha Lulú.

Presentes também, o secretário executivo da câmara, Adalberto Costa e os funcionários da casa, Marcelo Limoeiro e Mário Tozzo.

Após os cumprimentos regimentais pelo presidente Matheus, o empossado prestou juramento e assinou o termo de de posse juntamente com os demais vereadores.

Falando a nossa reportagem, o presidente Matheus disse da sua satisfação em dar posse ao seu ex-professor e anunciou que os trabalhos da câmara voltarão no dia 8 de fevereiro.

Um dia antes de ser empossado, Valdemar concedeu uma entrevista onde falou dos seus projetos como vereador.

A seguir, a entrevista

Melato afirma que vai representar a Agricultura e Educação

 Da Redação | Por Clóvis de Almeida

 O novo vereador assumiu a cadeira na câmara – ele disse que não esperava um número tão baixo de votos na eleição, mas agradeceu aos eleitores que votaram nele

Mais um suplente de vereador assume a vaga do titular. Desta vez é o professor Valdemar da Silva Melato (54), em lugar de Alessandro Bahia Nunes, que foi para o staff do prefeito Valtinho, como secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Serviços Urbanos.

Não foi uma surpresa o chamado para a vaga, uma vez que as conversações para essa mudança tiveram início ainda em dezembro, quando o novo prefeito tabulava a formação de seu secretariado, segundo o próprio Valdemar, que foi candidato pelo PSD, obtendo 299 votos.

Gentilmente atendendo à nossa reportagem, Valdemar Melato adiantou que pretende prestar um bom serviço como vereador representando principalmente a classe agrícola, em razão de sua experiência no Sindicato Rural Patronal, como secretário e atualmente como presidente. Da mesma forma, ele afirma que vai defender a Educação, já que é professor de carreira e também é diretor do Colégio Chateaubriandense.

EXPERIÊNCIA NÃO FALTA

Melato também é agricultor e há 11 anos é presidente do Sindicato Patronal Rural de Assis, professor há 18 anos e diretor do Colégio Chateaubriandense. “Vamos lutar pela melhoria de estradas, pontes e uma melhor infraestrutura para o homem do campo produzir. Como militante há muito tempo nessa área, posso fazer um bom trabalho de representação. Da mesma forma, quero defender uma Educação de qualidade para os chateaubriandenses”, afirmou.

Ele continua na direção do Colégio até o mês de julho e no Sindicato fica na presidência até o ano que vem.

Valdemar vai acumular os três cargos, para os quais afirma que não terá dificuldades em administrá-los. “Tenho boas equipes no Colégio e no Sindicato, por isso terei como cuidar das três funções, sem problemas”, garante o novo vereador.

SURPRESA COM O NÚMERO DE VOTOS

Valdemar disse que esperava um número muito maior de votos, do que os 299 que recebeu. “Fiquei surpreso, eu esperava mais. Mas fiquei feliz em poder ser primeiro suplente e assumir a vaga do Alessandro agora”, comentou.

Ele conta que andou por todo o município durante a campanha eleitoral, ouvindo os munícipes. Baseado no que ouviu é que vai pautar seu trabalho de vereador, afirma.

Quanto ao baixo número de votos que recebeu, Melato conta que se deve a mais de uma razão. Primeiro, ele lembra que quase sete mil eleitores não votaram, boa parte do meio rural, base principal de seu eleitorado. A pandemia seria o principal motivo da ausência do eleitor nas urnas. “Também foram muitos os candidatos. Os que já eram vereadores também tiveram suas votações diminuída. Mas, mesmo assim, sou muito grato pela votação que tive. Graças a esses eleitores que votaram é que vou assumir uma cadeira na Câmara”, acentua Melato.

PARCERIA COM VALTINHO E MARCEL

Uma das razões por que Valdemar acredita que pode fazer um bom trabalho na Câmara é seu bom relacionamento com o prefeito Valtinho e com o secretário de estado Marcel Micheletto. “Essa amizade e parceria vai facilitar com que a gente possa desenvolver melhorias, principalmente na agricultura”, destaca Valdemar, frisando que quando os canais de diálogos são mais próximos é possível trabalhar melhor. “Vamos mostrar serviços, que é o que a população espera”, afirma.

AGRADECIMENTOS

A encerrar a entrevista, Valdemar Melato fez questão de agradecer aos eleitores pela confiança nele depositada. “Tenham a certeza que vou procurar fazer um trabalho sério e transparente, atendendo a população da melhor forma possível. É o meu compromisso com os chateaubriandenses”, garantiu.

Obs: o ato de posse foi transmitido ao vivo pela página de oregional/assis no Faceboock